Aplicativo do Google que cria GIFs ganha suporte a realidade aumentada

O Google lançou há bastante tempo um aplicativo chamado Motion Stills, que permite criar GIFs com a câmera do celular. Mais recentemente, ele também incluiu suporte a “stickers” de realidade aumentada em seu aplicativo de câmera. Agora, a empresa anunciou que juntou as duas coisas e incluiu suporte a esses stickers no aplicativo de GIFs.

Para usar esses recursos, basta baixar a versão mais recente do aplicativo e selecionar a opção “AR mode”. Na parte de baixo do app, aparecerão uma série de adesivos que você pode inserir nas suas criações feitas por meio do aplicativo. A câmera do celular conseguirá rastrear os movimentos do aparelho e mostrar o adesivo de vários ângulos, conforme você mover a câmera.

Como funciona?

De acordo com o Google, o aplicativo usa os sensores do celular (o acelerômetro e o giroscópio, mais especificamente) para determinar a posição relativa do aparelho com relação ao chão (ou à superfície em que você colocar o adesivo). Em seguida, caso o sensor detecte qualquer movimento, ele move o adesivo de maneira correspondente ao movimento que foi feito, dando a ilusão de que ele realmente está lá.

Por sua vez, o giroscópio do aparelho indica caso ele seja “girado” em torno de seus próprios eixos. Nesses casos, o app combina esses dados com os dados do acelerômetro para permitir que o adesivo de realidade aumentada seja visto de múltiplos ângulos. Segundo a empresa, trata-se da mesma tecnologia que era usada para renderizar textos sobre imagens no recurso “Motion Text”.

As novidades já estão disponíveis na versão Android do aplicativo, basta atualizá-lo para recebê-las. O Google não mencionou se pretende lançá-las para iOS, e é possível que isso não aconteça – afinal, o recurso de realidade aumentada do Android, o ARCore, é um “concorrente” do ARKit (o recurso semelhante da Apple). No entanto, considerando que o Motion Stills foi lançado primeiro para iOS e só chegou para o Android mais que um ano depois, é possível que o recurso chegue para os iPhones também.

Via: olhardigital

, , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *